O início da Semana de Oração pelos Seminários em Portugal teve um momento alto na Sé Patriarcal de Braga, que neste domingo se tornou pequena, para acolher a multidão de fiéis que quis participar na Solene Eucaristia presidida pelo Cardeal Prefeito da Congregação para a Causa dos Santos, momento em que foi lida a Carta decretal de Canonização de São Bartolomeu dos Mártires. 

Na homilia, citando o profeta Jeremias, lembrou as seguintes palavras: “Et dabo vobis pastores iuxta cor meum, et pascent vos scientia et doctrina” (Jer. 3,15), para falar da grandeza de alma, da santidade de vida, da sabedoria e zelo apostólico de tão grande e insigne Pastor da Igreja Bracarense. “Dar-vos-ei pastores, segundo o meu coração”, para que apascentem o rebanho que lhes foi confiado, preocupando- se também na atualidade com a pertinente necessidade de vocações sacerdotais para a vitalidade da Igreja. O Papa Francisco em Roma, lembrou a Canonização do grande Santo Arcebispo de Braga, que participou no Concílio de Trento, apresentando-o à Igreja como exemplo de “grande evangelizador e pastor”. 

Na senda do serviço e da proximidade deste grande pastor e santo, junto do seu povo, servindo com ardor e luz a Igreja, acredito que o Senhor nos está a chamar a um caminho de santidade, a um sinal de autenticidade de vida capaz de suscitar na Igreja em Portugal e de modo especial na nossa Diocese de Viseu, sufragânea da Arquidiocese de Braga, mais vocações sacerdotais. O seu exemplo e testemunho impele-nos para sermos pastores bons e santos, zelosos e firmes na fé, caridosos e anunciadores da verdade do Evangelho ao povo que nos está confiado. 

A sua vida continua hoje passados mais de quatro séculos a interpelar a Igreja em Portugal, para que através da oração perseverante dos fiéis continuemos a pedir incessantemente novos seguidores de Cristo, o bom Pastor. 

É importante vivermos com seriedade e confiança esta Semana de Oração e tomarmos consciência da importância dos Seminários na atualidade, recorrendo à intercessão de São Bartolomeu dos Mártires, ele que fundou o primeiro Seminário em Portugal, possa ajudar-nos a nós pastores, nos nossos dias a fazer dos nossos Seminários verdadeiras escolas de formação e discernimento vocacional. Precisamos de criar uma cultura vocacional junto dos nossos adolescentes e jovens para não terem medo de acolher a vocação sacerdotal como um dom precioso que Deus oferece à sua Igreja. As orientações da Igreja para a formação dos novos padres, são um documento riquíssimo que precisamos de conhecer, para propor os seus ensinamentos aos adolescentes e jovens, de modo a descobrirem uma orientação vocacional sólida, que os leve no futuro a um encontro de compromisso com o Senhor e o seu povo. 

Mas para o Senhor continuar a dar pastores à Igreja, que sejam também exemplo e “motivo de alegre exultação para o povo de Deus e de testemunho de santidade” para todos, é preciso continuar a pedir na oração, com zelo apostólico e espírito missionário novos candidatos ao sacerdócio. A graça em pedir mais vocações e a generosidade de Deus em concedê-las à sua Igreja, depende também do acolhimento dos nossos adolescentes e jovens, da sua disponibilidade interior para fazerem um verdadeiro discernimento vocacional, que tem o seu início na escuta da voz do Senhor e da sua Palavra, passando depois por uma resposta alegre e generosa ao chamamento de Jesus Cristo, que continua a repetir: “Tu segue-Me”. A Igreja precisa de que pastores e fiéis que sejam fogo arde nos corações e luz que ilumina os caminhos dos homens. 

Na próxima sexta-feira na Igreja do Seminário Maior, vamos celebrar uma vigília de oração pelos Seminários. Todos somos convidados a rezar, para pedir a Deus o dom de mais vocações sacerdotais. Marquemos presença e rezemos juntos pedindo o dom inestimável de mais vocações sacerdotais. 

No Domingo, encerramento da Semana de Oração pelos Seminários, ocorre o Dia Mundial dos Pobres. O peditório deste domingo em Portugal é para ajudar os Seminários com o nosso pão material para a formação dos novos pastores. Neste domingo o Santuário de Fátima convidou a Cáritas Diocesana de Viseu, para estar presente na Eucaristia das onze horas na Basílica da Santíssima Trindade. A Eucaristia será presidida pelo Senhor Bispo D. Ilídio Pinto Leandro, digníssimo Bispo Emérito da nossa Diocese, para que acompanhado com os membros da Direção da Cáritas Diocesana e alguns pobres, poderem assinalar deste modo, em comunhão com o Papa Francisco, o Dia Mundial dos Pobres. Contemplando o Reinado de Cristo, Senhor e Rei do Universo, tenhamos um coração grande e generoso para partilhar o nosso pão com os mais pobres, de modo que ninguém junto de nós morra de fome. 

† António Luciano,

Bispo de Viseu

Vídeo

Banco Alimentar

Banco Alimentar

IRS Solidário

IRS Centro social

Folha Dominical

15 Março 2020
38 Downloads
08 Março 2020
12 Downloads
01 Março 2020
27 Downloads
23 Fevereiro 2020
25 Downloads
16 Fevereiro 2020
20 Downloads

Próximos eventos

Jornal Mensal

Visitas

063979
Hoje
Ontem
Esta semana
--
Este mês
Mês passado
Todas
63
271
1992
60249
8558
8969
63979

Your IP: 18.204.227.117
2020-05-31 01:17